Resenha | Matched : Destino – Vol. 1 – Ally Condie

Foto: Reprodução

Olá Quimeras, Se está procurando alguma distopia com um mundo cheio de regras e um governo totalmente autoritário que não lhe permite escolher nada, afinal eles dominam tudo desde seu nascimento até sua morte.  

“Quero estender a mão, segurar a dele, prendê-la bem no meu coração, bem no lugar onde dói mais. Não sei se me curaria ou se partiria completamente meu coração, mas pelo menos essa espera faminta e constante terminaria.”


A trilogia Matched é escrita pela autora Ally Condie que mistura em suas narrações poesias e coisas que acreditamos insignificantes, porém quando podemos o poder de lidar com elas, se tornam grandiosas, por esta razão, esta trilogia reflete sobre como vivemos. 
Destino

DestinoAutora: Ally Condie
Gênero: Fantasia Distópica
Páginas: 247
Editora: Suma das Letras
E-book: Amazon
Nota: ❤❤❤
*Resenha publicada para Eu pratico Livroterapia



Sinopse

Cassia tem absoluta confiança nas escolhas da Sociedade. Ter o destino definido pelo sistema é um preço pequeno a se pagar por uma vida tranquila e saudável, um emprego seguro e a certeza da escolha do companheiro perfeito para se formar uma família.
Ela acaba de completar 17 anos e seu grande dia chegou: o Banquete do Par, o jantar oficial no qual será anunciado o nome de seu companheiro. Quando surge numa tela o rosto de seu amigo mais querido, Xander – bonito, inteligente, atencioso, íntimo dela há tantos anos -, tudo parece bom demais para ser verdade.Quando a tela se apaga, volta a se acender por um instante, revelando um outro rosto, e se apaga de novo, o mundo de certezas absolutas que ela conhecia parece se desfazer debaixo de seus pés.
Agora, Cassia vê a Sociedade com novos olhos e é tomada por um inédito desejo de escolher. Escolher entre Xander e o sensível Ky, entre a segurança e o risco, entre a perfeição e a paixão. Entre a ordem estabelecida e a promessa de um novo mundo.


Resenha
Cássia é uma jovem menina de uma sociedade
distópica que vive de acordo das leis de seus superiores o “Estado”, pois eles que determinam tudo
sobre eles.  A morte, a vida, a educação,
os bens para que todos possuíam igualdade perante a sociedade e até mesmo o
futuro de cada cidadão.
Quando chega o seu décimo sétimo
(17) aniversário os cidadãos decidem se querem ser um Solteiro, no qual não
poderá se casar ter filhos ou conseguir uma família, ou ter um par ideal que
poderá casar e ter filho e construir uma família, os que escolhem ter um par ideal irão participar de um evento
chamado Banquete que decidirá quem
será o seu esposo e o seu par ideal. Cássia não via nenhum problema que o “Estado” escolhessem o seu companheiro
para até o limite certo de sua morte.
Contudo no Banquete ela fica
abismada com o resultado de seu par ideal, Xander
o seu melhor amigo e também vizinho que conheceram desde de muito cedo. A
descoberta de seu Par ideal é
incomum, pois normalmente são pessoas desconhecidas e não conhecidas, os
tornando um par incomum…
Eles receberam os dispositivos
que continham informações e também preferência de cada pessoa, no qual tiveram
que responder questionários antes do evento mais esperado: O banquete.
Todavia o dispositivo de Cássia
continha outra pessoa que não era o seu melhor amigo Xander, porém Ky um menino que é uma anomalia que foi informado
diante a funcionária quando ela relatou o problema do seu dispositivo que
acalmou a menina que era apenas uma brincadeira de mal gosto e que iria ser
investigado tal erro.  Apesar disto
Cássia começou a reparar mais no menino que se denominava Ky que fora o começo
para a mudança de sua vida pacata.
No dia que o Estado determinou a morte de seu avô, o mesmo presenteou os seus
entes queridos com lembranças e vários outros presentes, e para Cássia fora um
poema que falava para que ela rebelasse, no qual ela não entendeu bem o que ele
queria com aquilo.
Como ninguém poderia ser
diferente nesta sociedade ela teria que queimar o poema para que não tivesse
problemas com os funcionários do estado, porém ela não queria deixar aquela
pequena parte de seu avô…
Destino é uma trilogia distópica
que conta a história de uma sociedade totalmente controlada pelo o estado. O
livro possuí apenas a narração de Cássia contando sobre a sociedade e como
funciona como o estado e a explicação de cada ato que eles fazem, no que faz a
leitura seja agradável por ser em primeira pessoa limitou a visão sobre o que
acontece e os problemas que enfrentam os cidadãos. O enredo é bastante
envolvente por causa do universo totalmente original criado pela Ally e sobre o
que irá acontecer com a personagem se ela irá se rebelar ou continuar seguindo
as regras que impuseram a ela. Os personagens principais são todos cativantes
que não faz que tenha mais afeto por um do que com outro, além do fato que o
enredo está focado no romance de Cássia com o seu melhor amigo Xander e Ky o
menino anomalia. O desfecho da história abriu uma ponte para que pudéssemos
conhecer o que acontece fora das fronteiras que não são controladas pelo
Estado.
Recomendo este livro para os fãs
de distopias que procuram um livro que envolvam de uma forma surpreendente,
além de um romance proibido destinado ao fracasso.

Me acompanhe nas redes sociais

DEIXE O SEU COMENTÁRIO!