Bela Quimera: ✝ Resenha: Horas Noturnas (E-Book) - Bianca Carvalho

✝ Resenha: Horas Noturnas (E-Book) - Bianca Carvalho

14 de março de 2015


Hey viciados!! Hoje tem resenha de um suspense nacional que eu gostei bastante ou melhor adorei por quais motivos: Romance histórico de Jane Austen, Suspense de Agatha Christine, Poemas de Edgar Allan Poe e um Serial Killer. 




"Três almas unidas com diferentes propósitos. Apenas uma chance de sobreviver..."
Inglaterra, 1863 
Uma bela e delicada mulher com inteligência aguçada para investigação...
Um charmoso caçador de assassinos tornando-se lenda por eliminá-los com requintes de crueldade... Um assassino que deixa charadas, com sede de sangue e um gosto peculiar por Edgar Allan Poe...
"Uma mistura do romance de Jane Austen com o mistério de Sherlock Holmes." por: Ana Carolina Moreira (Analista de Marketing da Warner Music Brasil)
"Angustiante, sedutor e impiedoso. Leia e não se esqueça de respirar!" por: Christine M. (Autora do livro Enquanto a chuva caía)



Horas Noturnas é um suspense onde se passa na Inglaterra no Século XIX onde temos um "Serial Killer" a solta matando jovens inocentes, um romance onde a protagonista feminina tem a língua afiada e um misterioso justiceiro. 



          Na Inglaterra no Século XIX no ano de 1863, o  Joseph Lestrange um inspetor, foi chamado pela polícia para resolver mais um caso. Desta vez de era uma jovem frágil onde tinha sido assassinada de um forma brutal, no qual assassino deixou um bilhete escondido no cadáver da jovem onde continha um poema de Edgar Allan Poe como sua assinatura onde possuía pistas do seu próximo assassinato.
        Joseph tinha um agência de investigação, onde ele pedia ajuda algumas vezes para sua filha Maryanne Lestrange que adorava um mistério e possuía um grande talento de dedução, queria herdar o negócio de seu pai, diferentemente das outras garotas daquela época, ela não ligava em se casar pelo contrário ela abominava aquilo, odiava casamentos arranjados onde não havia amor. 
       Joseph tentou afastar sua filha daquele caso, mas a teimosia de sua filha era grande que não podia fazer nada além de aceitar o fato. 
- Maryanne Lestrange nunca foge de um bom mistério... 

-Nunca. E eles parecem nunca fugir de mim.. 
           Maryanne não lia muitos jornais por causa de seu pai que os escondia ás vezes por causa da sua curiosidade que era tamanha quando o assunto era assassinatos, mas por um descuido de seu pai, ela teve essa oportunidade de ler onde encontrou uma notícia de um justiceiro que matava apenas criminosos que os jornalistas denominava de "O Caçador".

          Joseph estava saindo ás escondidas a noite o que deixou a menina muito curiosa, que chegou a seguir seu pai para saber onde estava indo e por quê estava indo, foi quando encontrou O Caçador.

       O livro é narrado pela terceira pessoa sendo alternado entre o ponto de vista da Maryanne Lestrange, Joseph Lestrange e o Caçador. A leitura é bem fascinante pois não conseguir largar o livro até saber o final que por pouco eu quase acertei quem era o assassino errei por pouco mas adivinhei de cara quem era o Caçador. O que me deixou um pouco triste foi o epílogo que foi muito pequeno e a causa do Caçador "caçar" assassinos . Diversas vezes eu via a Elizabeth Bennet por causa da língua afiada dela, no que eu gostei bastante pois amo personagens femininas com personalidade. O Suspense foi bem feito, cheio de detalhes que me lembrou os da Ágatha Christine.  Eu Recomendo esse livro para todos que amam um bom suspense, romance e claro um mistério inesquecível, e posso acrescentar que esse livro como um dos meus favoritos.



2 comentários:

  1. esse livro me chamou muita atenção :*


    armazemdochef.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é bastante interessante, recomendo.
      Beijos Bruno

      Excluir

Tecnologia do Blogger.

Eva Blog

ga('set', 'userId', {{USER_ID}}); // Defina o ID de usuário usando o user_id conectado.